AO VIVO

Educadora

ouvir assistir

Estereosom

ouvir assistir

Banco Central bloqueia R$ 600 mil do ex-presidente Lula; decisão foi tomada após condenação

O objetivo é recuperar os danos do crime à Petrobras


POLÍTICA
Por equipe
Quarta, 19 de julho de 2017 às 15:27



Depois de uma semana da condenação do juiz Sérgio Moro pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve R$ 606 mil bloqueados pelo banco Central. A ordem é da Justiça, numa nova decisão do juiz curitibano, que solicitou os processos ao MP Federal. O objetivo é recuperar os danos do crime à Petrobras, caso seja confirmada a condenação, que estão estimados em R$ 16 milhões.

Na semana passada, Moro condenou o ex-presidente a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. O caso é o tríplex de Guarujá (SP), o qual o ex-presidente nega veementemente que tenha comprado ou reformado.

O bloqueio pedido por Moro foi de R$ 10 milhões, mas o BC só encontrou R$ 606 mil nas contas de Lula. Bens também se encontram sequestrados, envolvendo dois carros - uma Ford Ranger e um Ômega - três apartamentos e um terreno em São Bernardo do Campo (SP). Todos os bens estão no nome do ex-presidente e, a partir de agora, não podem ser transferidos, tampouco vendidos.


Edmundo Silva

Programa Edmundo Silva