Temer tem alta e deixa hospital em SP após 3 dias internado

Presidente passou por cirurgia na próstata e deve permanecer em SP até quarta-feira (1)


POLÍTICA
Por equipe
Segunda, 30 de outubro de 2017 às 15:58
O presidente Michel Temer teve alta médica no começo da tarde desta segunda-feira (30). Ele estava internado desde sexta-feira (27) no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, após a realização de uma cirurgia para raspagem da próstata. "Por aqui foi tudo bem. Agora, vou trabalhar em casa", disse Temer ao deixar o hospital. "Hoje e amanhã em casa", disse Temer antes de deixar o hospital, às 12h07 desta segunda.

Temer falou com os jornalistas acompanhado do urologista que realizou a cirurgia, Miguel Srougi, e do cardiologista Roberto Kalil Filho, que o atenderam no período em que permaneceu internado. O presidente deve repousar em sua residência na Zona Oeste de São Paulo, por orientação médica. A previsão é que ele retorne ao trabalho em Brasília na quarta-feira (1).

Em nota, o Palácio do Planalto informou que o presidente recebeu alta por volta das 12h. "Por recomendações médicas, ele irá para casa, em SP mesmo, repousar", afirmou a Presidência. Temer deu entrada no hospital na noite de sexta-feira (27) com um quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata. Ele foi diagnosticado com obstrução urológica.

O presidente passou por uma cirurgia nomeada "procedimento de desobstrução uretal através de ressecção de próstata" e, depois, foi encaminhado para a unidade de terapia semi-intensiva. Na manhã de domingo (29), a equipe médica informou que retirou uma sonda do presidente.

Mal estar em dia de votação
Michel Temer passou mal na quarta-feira (25) e foi levado para um hospital militar em Brasília. Lá, ficou sete horas internado.
No mesmo dia, a Câmara dos Deputados votou e barrou a segunda denúncia contra o presidente.

Padre Marcelo Rossi

Nosso Momento de Fé